O Mercúrio

Hiled
Existe uma crescente preocupação pelo meio ambiente e pela segurança dos elementos de uso quotidiano, não só no seu funcionamento também no tratamento no final da vida útil.
Para o público em geral, resulta difícil compreender a diferencia entre os produtos potencialmente perigosos e os produtos que conseguem respeitar o equilíbrio do meio ambiente, principalmente ao serem implementadas novas tecnologias.
Esta realidade pode ser aproveitada pelos diferentes agentes económicos, ao utilizarem a desinformação para obter no mercado alguma posição de vantagem.
Intencionalmente e sem bases reais, tentam associar as lâmpadas hiLED de indução à composição nociva do mercúrio. As lâmpadas utilizadas na actualidade para a iluminação sejam domésticas, industrial ou para a iluminação pública possuem no seu conteúdo mercúrio, em quantidades muito superiores às quantidades que possuem as lâmpadas de hiLED de indução, sendo a composição num estado gasoso, e as lâmpadas hiLED de indução possuem mercúrio em estado sólido. As lâmpadas hiLED de indução contêm mercúrio em amálgama, muito parecido ao utilizado nos trabalhos dentais.
Certamente o mercúrio gasoso, tal e como é apresentado em alguns tipos de lâmpadas, pode ser nocivo para a saúde ao ser inalado. Mas também é certo, que o mercúrio em amálgama como apresentado nas lâmpadas hiLED de indução, em estado sólido não se apresenta num estado no qual possa ser inalado.
As lâmpadas hiLED de indução estão catalogadas como "muito seguras" para o meio ambiente, ao serem ainda mais seguras do que as lâmpadas tradicionais que se encontram no mercado, e do que equitativamente as lâmpadas hiLED de Led que não possuem mercúrio.
As lâmpadas hiLED de indução contêm menos de 5 mg de mercúrio em estado sólido, muito abaixo das mais estritas recomendações internacionais da NEMA (National Electrical Manufacturers Association). Além disto, a as lâmpadas hiLED de indução incorporam o mercúrio em duas ampolas que sobressaem da linha da lâmpada para permitir uma reciclagem segura e fácil de uma pequena quantidade de mercúrio em amálgama.
O mercúrio é utilizado para no fabrico de termómetros, interruptores e lâmpadas. É um elemento (em estado puro é um metal liquido), obtido no meio natural, onde os seres humanos não possuem a capacidade de o criar ou destruir. Está presente no ar, na água e na terra.
Podemos encontrar mercúrio nas rochas e até no carvão, ao ser queimado é enviado ao meio ambiente. As plantas de energia que queimam o carvão mineral são as principais fontes de emissões de mercúrio para o ar, representando os Estados Unidos cerca do 40% nas emissões de mercúrio. A incineração de resíduos perigosos, a produção de cloreto, como o tratamento dos resíduos que contêm mercúrio, que pode ser emitido ao meio ambiente.
Hiled
Greenpeace está a trabalhar para que os legisladores elaborem uma lei que proíba as lâmpadas incandescentes (as lâmpadas convencionais) antes do 2012, com a finalidade de que estes produtos deixem der ser comercializados. As diferentes directivas internacionais, têm fixado diferentes valores máximos para o conteúdo do mercúrio nas lâmpadas de iluminação.
Segundo esta organização, uma das melhores opções para substituir este tipo de lâmpadas são as lâmpadas da tecnologia fluorescente e as lâmpadas de led.
A tecnologia hiLED de indução é muito superior do que as lâmpadas de baixo consumo, ao utilizarem menor quantidade de mercúrio e ao ser aplicado em estado sólido.
Pode obter mais informação nos diferentes sites da Internet, seguem alguns links:
Agência da Protecção Ambiental dos Estados Unidos da América para a protecção do ambiente EPA (United States Environmental Protection Agency).
http://www.epa.gov/hg/espanol.htm
Relatório da Greenpeace "O mercúrio e as lâmpadas de poupança".
http://www.greenpeace.org/mexico/Global/mexico/report/2009/3/mercurio.pdf
Artigo da Greenpeace "Lâmpadas de baixo consumo e mercúrio".
http://greenpeaceguadalajara.blogspot.com.es/2009/03/el-mercurio-hg-en-lamparas.html
Soluções Luminosas de Alto Rendimento
Sellos Iso 9001:2008 Smart City EDP Valor OEC
©2017 hiLED©.  Valid XHTML 1.0 Transitional CSS Válido versión 2.1 Diseño y desarrollo de un nuevo sistema de iluminación de redes viarias con ahorro energético